28 Março 2008

CVP Porto, por terras de França...


A CVP Porto encontra-se a realizar mais um transporte de longo curso, desta feita a viagem é até França.
Com partida esta manha da zona da Guarda, a equipa da CVP Porto tem como destino a cidade francesa de Cannes, local para onde será transferido o doente.
A viagem de mais de 1600 km é realizada por três voluntários (2 enfermeiros e 1 socorrista) numa ambulância Medicalizada e transportam um doente poli-traumatizado.

23 Março 2008

Tampinhas salva-vidas


A CVP Porto iniciou um ambicioso projecto de recolha de tampinhas plásticas para reciclagem com o duplo objectivo de contribuir para o bem-estar comum, através da recolha selectiva de materiais, bem como a aquisição de alguns equipamentos de saúde.
Através de um programa de trocas de tampinhas por equipamentos, a CVP Porto pretende optimizar os recursos já existentes, bem como a evolução tecnológica indispensável para uma resposta de maior qualidade, tais como: novos monitores de parâmetros vitais, desfibrilhadores, ventiladores etc.
A CVP Porto alia-se desta forma à sociedade civil, já fortemente empenhada no processo de reciclagem, cooperando com a instalação de pontos de recolha, armazenamento e entrega para reciclagem do produto recolhido.
A CVP Porto tem já mais de 50 pontos de recolha garantidos, na área metropolitana da cidade, no entanto o objectivo é alargar ainda mais a rede de pontos de recolha com a finalidade de recolher o maior número de tampinhas.
Os voluntários da CVP Porto estão fortemente empenhados neste projecto, trabalhando arduamente para o duplo objectivo de ajudar a cuidar da saúde do planeta e ajudar a cuidar da saúde das pessoas que o habitam.

Não se esqueça, as suas tampinhas podem salvar vidas! Não dê tampa a esta ideia!

22 Março 2008

Dia Do Pai


A CVP Porto efectuou no passado domingo a prevenção médica ao evento “Corrida do Dia Do Pai”.
Para a cobertura deste evento a CVP Porto mobilizou mais de 30 voluntários apoiados por 7 viaturas, uma mota de emergência e um posto médico.
As milhares de pessoas que assistiam e as largas centenas de atletas em prova eram vigiadas de perto pelas equipas da CVP Porto estrategicamente colocadas no percurso da prova.
No final do evento as equipas de socorro da CVP assistiram 20 vítimas das quais 8 acabariam por ser pequenos traumas resultantes de quedas, havendo apenas necessidade de um transporte ao hospital para a realização de exames complementares de diagnóstico.
De realçar que no terreno, o dispositivo montado tinha capacidade para a intervenção em Suporte avançado de vida graças a inclusão de voluntários médicos bem como diversas equipas aptas para a realização de Suporte Imediato de Vida.

Um agradecimento especial para os nossos amigos da US Frazão

03 Março 2008

Mais TAS na CVP Porto




Mais dois socorristas da CVP porto terminaram com êxito a sua formação no curso de Tripulante De Ambulância De Socorro, elevando assim o número deste tipo de socorristas especializados para 24.
O crescente número de TAS na CVP Porto permite dotar cada vez mais piquetes de emergência com técnicos especializados em socorro.
De salientar ainda que todos os meses alistam-se na CVP Porto profissionais de saúde, que assim pretendem dar o seu contributo à causa da Cruz Vermelha.

Duatlo de Matosinhos


A CVP Porto foi a entidade responsável pela prevenção médica no evento “1º duatlo da cidade de Matosinhos”.
O evento em causa compreendia cerca de 300 atletas e vários milhares de espectadores, o que obrigou a CVP Porto a mobilizar uma vasta equipa de voluntários e recursos técnicos.
Sendo este o primeiro grande evento do ano a CVP Porto organizou o seu dispositivo de segurança pelo percurso da prova e locais envolventes, tendo para isso colocado ao dispor de atletas e espectadores cerca de 30 elementos entre médicos, enfermeiros, técnicos e socorristas, 5 ambulâncias, 1 mota de emergência, 1 posto medico e diversas viaturas de apoio logístico.
O dispositivo colocado no terreno foi organizado como se de uma situação de excepção se tratasse, uma vez que desta forma foi possível testar e agilizar procedimentos de triagem e tratamento bem como telecomunicações de emergência., permitindo assim dotar todo o perímetro do evento com meios de Suporte Avançado de Vida e Suporte Imediato de Vida.
No final, o balanço não podia ser mais positivo, tendo a CVP Porto sido chamada a entrevir a uma dezena de situações de trauma.
De salientar que todos os meios envolvidos nesta prevenção eram da CVP Porto.

CVP Porto na imprensa


Cruz Vermelha é noticia hoje pelas melhores razões